Trajes masculinos – gravatas, colarinhos e nós

Oi gente!

Um dos acessórios masculinos mais importantes é a gravata. Ela pode representar a personalidade do homem que a escolhe, não é?

Com tantos tipos, formatos, tamanhos, cores, nós, elas indicam um pouco do gosto, estilo, até da ocasião em que está sendo usada.

Por isso um post todo dedicado a elas.

Primeiro os tipos:

Gravatas largas

 Essas gravatas possibilitam diversos nós diferentes.

Gravatas médias

São usadas por aqueles que precisam usá-las diariamente. São consideradas o modelo mais básico e tradicional.

Gravatas Finas (Slim)

Proporcionam um nó mais discreto e delicado. São as preferidas dos mais moderninhos.

Gravatas Plastrom

Em cetim ou seda, são amarradas em forma de lenço com detalhe: uma pérola no meio do laço. São usadas com os fraques, meio-fraques e com os atuais ternos nupciais.

Gravatas borboleta

São usadas com os smokings para festas e eventos importantes que exigem Black tie. Embora hoje em dia alguns noivos mais descolados também a utilizem em suas versões mais despojadas e coloridas com terno ou costume.

Conhecer os tipos de colarinho também é necessário,  para saber qual camisa escolher para cada ocasião:

Tradicional ou Clássico

 É o mais tradicional e fica bem com todos os tipos de terno.

 

Básico ou francês

Sem botão e com pontas levemente compridas, é o modelo mais usado de todos.

Não compromete e funciona de dia ou de noite.

 

Inglês

É mais alongado e pontudo que o básico.

Apropriado para uso com ternos mais ajustados ou sem gravata.

Italiano

Curto e com pontas abertas, é um dos mais tradicionais e permite um nó de gravata mais volumoso.

Fica bem em quase todo mundo.

Americano ou Button down

Com botões nas pontas é o mais informal de todos os modelos.

Pode ser usado sem gravatas e NÃO são indicados para eventos formais.

Botão Escondido

É informal como o americano, porém os botões são presos embaixo do colarinho. Recomendado para camisas esportivas.

Agora, conheçam os nós:

Nó Simples

(four-in-hand, carruagem)

Grande clássico de nós de gravata é o mais utilizado por ser mais simples de realizar e permite o uso da maioria das gravatas e colarinhos das camisas.

Cônico e alongado, o nó simples é estreito quando realizado com gravatas finas e mais largo quando realizado com gravatas largas.

Pode ser feito com quase todos os tipos de gravata e em quase todos os tipos de colarinho.

 

 Nó Duplo

(duplo simples, Victoria, Príncipe Albert)

Esse nó é muito parecido com o nó simples, porém requer uma segunda rotação. No início, a parte larga é passada duas vezes em redor da parte estreita. Mais grosso no seu aspecto que o nó simples, o nó duplo é o ideal para a maioria das camisas. Ele é perfeito com todas as gravatas com exceção das muitas espessas.

Nó Windsor

(Nó inglês, cheio Windsor, duplo Windsor)

Esse é o nó das grandes ocasiões. O seu nome provêm do Duque de Windsor que o popularizou.

Como ele é volumoso, deve ser realizado de preferência em colarinhos afastados, como os colarinhos italianos ou os colarinhos Windsor. Fica bem com gravatas largas, longas e finas.

Por ser complexo, para ser bem executado, é necessário cair entre as duas partes do colarinho e de esconder o último botão da camisa.

 

Nó Meio Windsor

(Nó francês)

Esse nó assemelha-se ao Windsor, porém é menos espesso e mais fácil de realizar.

Ele é feito preferencialmente em gravatas finas ou pouco espessas.

Elegante e triangular, adapta-se melhor sobre uma camisa de colarinho clássico ou uma camisa de colarinho aberto.

Nó Pequeno

(Oriental)

Como seu próprio nome diz, ele é pequeno e adéqua-se particularmente às gravatas espessas ou às camisas com colarinho apertado.

Deve-se evitar as camisas com colarinho longo ou afastado, nesse caso.

Fácil de fazer, mesmo necessitando de uma “rotação” de 180 °, o nó pequeno é o jeito mais simples de fazer o nó da gravata.

Nó Borboleta

O nó borboleta é utilizado geralmente com o smoking.

Ele pode ser utilizado de forma mais descontraída em uma camisa com colarinho afastado.

 

Fiquem atentos à altura da gravata, que deve estar exatamente no nível da fivela do cinto!

Já ouço alguém dizer: “Tá bom! Agora que você me contou tudo isso, como vou saber o que usar e quando?”

Eu respondo!

No próximo post!

😉

Bjs

http://www.graciastyle.com

http://homem.net

http://www.klus.com.br

http://decalcascurtas.blogspot.com.br

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s